Documento sin título
Logotipo Salamanca Patrimonio de la Humanidad
 
Ciudad de Salamanca
Ciudad de Salamanca

Foto nocturna de la Plaza Mayor de Salamanca

Todos os anos, muitos estudantes de todo o mundo, mais de 25.000, escolhem a cidade de Salamanca, Espanha, para aprender, aperfeiçoar e praticar o idioma espanhol, o que transforma a cidade em uma das referências nacionais do turismo idiomático.

Universidade de Salamanca

[Universidade de Salamanca]

É uma cidade viva, receptiva, dinâmica, segura e bem cuidada, características que junto com o prestigio e tradição de sua universidade, uma das mais antigas da Europa, e seus excelentes centros de ensino devidamente credenciados, fazem com que Salamanca seja um lugar idôneo para a aprendizagem e o aperfeiçoamento do idioma; todos estes aspectos, definitivamente, a transformam na Cidade do Espanhol.

Sua tradição humanista e a riqueza de seu patrimônio histórico artístico fizeram com que em 1988 fosse nomeada Cidade Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e em 2002, Capital Européia da Cultura.

A marca de turismo idiomático Salamanca, Cidade do Espanhol surge como um projeto integral, conseqüência de um impulso coletivo e que responde por um lado, ao interesse de um importante setor da cidade relacionado com o ensino do Espanhol que quer inovar, atualizar seu produto, melhorar sua qualidade e reforçar suas linhas de promoção e comercialização, ou seja, que busca garantir a posição do setor e a cidade diante de um mundo e um mercado cada vez mais global e competitivo, mas ao mesmo tempo, cheio de oportunidades.

Casa Lis

[Casa Lis]

E por outro, o desejo de toda uma cidade de começar a pensar em um projeto futuro relacionado com o idioma que chame a atenção para o Espanhol em Salamanca e, principalmente, para as relações que há entre a língua e a cidade.
Envolver a cidade neste projeto é um dos principais objetivos da prefeitura de Salamanca, através da Sociedade de Turismo e Comunicação de Salamanca (SAU), em colaboração com as duas universidades, os centros de ensino e a Câmara de Comércio.

Assim, o idioma espanhol passa a ser um elemento a mais que se acrescenta ao patrimônio salmantino.

Estimular a competitividade em todos os aspectos e setores que estão vinculados ao idioma e seu ensino, e potencializar a comercialização com a busca de novos públicos e mercados são os desafios de Salamanca, cidade do Espanhol.

Neste papel de estudiosa e guardiã da língua castelhana, Salamanca tem se revelado nas últimas décadas como destino ideal para a aprendizagem do castelhano, entendido como expressão veicular da manifestação artística e cultural.

Não é por acaso que a Universidade de Salamanca seja a principal responsável pelo exame que mundialmente se realiza em mais de 50 países para a obtenção do único Diploma de Espanhol expedido pelas autoridades educativas nacionais (DELE).

Casa das Conchas

[Casa das Conchas]

Chegam numerosos estudantes de todos os lados às salas de aula das universidades e às escolas de idiomas particulares com o desejo de aprender um idioma desenhado a partir de um arquétipo singular: a forma de viver salmantina.

E, desta maneira, o alto nível acadêmico é complementado com uma grande e variada oferta cultural, que enriquece a formação dos estudantes de espanhol na cidade.